Sindeepres incentiva corrida de rua

Além de oferecer diversos benefícios e serviços aos Associados e dependentes, o Sindeepres preocupa-se e investe também no bem estar e saúde dos trabalhadores. E uma das formas de levar qualidade de vida é prática esportiva. Com este propósito, desde 2005, a Entidade participa e/ou promove corridas de ruas, como a Corrida do Trabalhador Sindeepres, que acontece todos os anos no dia 1º de maio.

Grande adepto deste esporte, há 15 anos, o presidente do Sindicato, Genival Beserra Leite já participou de mais de 100 corridas, entre percursos de 5 a 42 quilômetros. Após constatar os benefícios da corrida, ele levou a atividade para os trabalhadores da categoria. “Pensar na qualidade de vida é fundamental para repor as energias perdidas com estresse do dia-a-dia”, destacou. E os benefícios, que este esporte oferece, têm transformado a vida de muitos trabalhadores. Para Armando Conceição Villaça, associado há 4 anos, “na corrida de rua não há preconceitos e é um meio sociável de conhecer novas pessoas”.

Mas antes de começar a praticar o esporte, especialistas recomendam fazer alguns exames médicos iniciais, como o teste ergométrico e um exame de sangue completo. Além disso, é recomendável fazer um programa alimentar com nutricionista, e, claro, é fundamental possuir um tênis apropriado para cada tipo de corrida.

Terceirizados comemoram aniversário de São Paulo correndo
Já virou tradição. Pelo 5º ano consecutivo, os trabalhadores temporários e tercerizados comemoram o aniversário da maior capital do País de uma forma bem saudável. Mais de 70 trabalhadores da categoria juntaram-se aos 8 mil atletas para participar da corrida Troféu Cidade São Paulo, nesta última segunda-feira (25.01), tendo a largada e chegada em frente ao Obelisco do Parque do Ibirapuera. O evento promoveu corrida de 6 e 10 quilômetros e caminhada de 6.

Maria Dolgice de Melo, associada ao Sindeepres há 9 anos, corre há 2 anos
“Desde a entrada na sede para a inscrição até o momento da corrida, o atendimento é fantástico. Tinha que operar meus joelhos e não operei porque a corrida tem me proporcionado muitos ganhos físicos. Tinha cirurgia da coluna para fazer e a corrida de rua também me tirou da operação”.

Marina Moreira de Souza, associada ao Sindeepres há 7 anos, corre há 2 anos
“Eu comecei a participar da corrida de rua porque eu parei de fumar e comecei a pensar na minha qualidade de vida. Hoje, para mim, o esporte é um desafio, de superação dos meus limites. E, aí, o fato do Sindeepres participar das corridas é fantástico. É um diferencial muito grande”.

Armando Conceição Villaça, associado ao Sindeepres há 4 ano, corre há 4 anos
“Se eu ficar sem correr, fico doente porque sou viciado nesta atividade. Sem contar que na corrida de rua não há preconceitos e é um meio sociável de conhecer novas pessoas. Além disso, a equipe do Sindeepres está sempre alegre, disposta a te ajudar. Já fui associado de outros sindicatos que não tinham essa preocupação de levar o esporte ao trabalhador. E isso é fundamental porque incentiva o funcionário no seu dia-a-dia”.